Cuidados com a CNH

Para dirigir um veículo com reboque, a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) será da categoria B, desde que o peso bruto total some até 3.500 kg. Passado esse limite, será exigida CNH de categoria C.

Você também deve estar atento às características do reboque. Ele precisa possuir lanternas, setas, faixas sinalizadoras reflexivas, para-choque, para-lama e freios de estacionamento. Além disso, você deverá providenciar a documentação própria para ele, pois ele é visto como veículo individual, e não integrante do que o traciona.

É importante lembrar que, caso você queira adquirir um semirreboque para ser usado em sua motocicleta e motoneta, será preciso certificar-se de que aquele equipamento foi feito exclusivamente para uso nesses veículos.

O reboque ou semirreboque não possui IPVA, visto que não é um veículo automotor, mas precisará ter o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos) em dia para circular.

E, atenção, utilizar um engate que esteja em desacordo com as normas do CONTRAN caracteriza uma infração grave, assim disposta no art. 230, inciso XII do CTB.

O valor da multa para quem incorrer na conduta prevista é de R$ 195,23, e o condutor infrator ainda receberá 5 pontos em sua CNH.

Também poderão ser aplicadas outras infrações, de acordo com o descumprimento da legislação apontado pela fiscalização.

Pesquise antes de adquirir o seu reboque, semirreboque ou engate, conheça as suas necessidades e a capacidade de seu veículo para realizar esse transporte e verifique todas as características exigidas por lei para o acessório.

Cuidados como esses ajudam a manter a segurança no trânsito, pois previnem acidentes.


Comentários (0)


Deixe um comentário